AMOR SUBLIME AMOR – 1961

0

TÍTULO ORIGINAL :- West Side Story

DIRETORES :- Jerome Robbins e Robert Wise

ELENCO :-
Natalie Wood (Maria)
Richard Beymer (Tony)
Russ Tamblyn (Riff)
Rita Moreno (Anita)
George Chakiris (Bernardo)
Simon Oakland (Tenente Schrank)
Ned Glass (Médico)
William Bramley (Oficial Krupke)
Tucker Smith (Ice)
Tony Mordente (Action)
David Winters (A-Rab)
Eliot Feld (Baby John)
Carole D’Andrea (Velma)
Jay Norman (Pepe)
Tommy Abbott (Gee-Tar)

SINOPSE :-
No lado oeste de Nova York, à sombra dos arranha-céus, ficam os guetos de imigrantes e classes menos favorecidas. Duas gangues, os Sharks, de porto-riquenhos, e os Jets, de brancos de origem anglo-saxônica, disputam a área, seguindo um código próprio de guerra e honra. Tony (Richard Beymer), antigo líder dos Jets, se apaixona por Maria (Natalie Wood), irmã do líder dos Sharks, e tem seu amor correspondido. A paixão dos dois fere princípios em ambos os lados, acirrando ainda mais a disputa.

CURIOSIDADES :-
- Um triunfo em todos os níveis, este eletrizante musical apresenta a imortal tragéida de Romeu e Julieta em um pano de fundo de guerra de gangues nos bairros pobres de Nova Iorque dos anos 50.

- O acerto original dos produtores com os diretores Jerome Robbins e Robert Wise era que Robbins fosse o responsável por rodar as cenas com canções e dança e Wise rodasse todas as demais cenas do filme.

- Jerome Robbins tinha a tendência de rodar as cenas diversas vezes, em busca da tomada perfeita. O preciosismo do diretor fez com que o orçamento do filme e a agenda de filmagens fossem ultrapassados. Quando o filme já estava com 60% de suas cenas já rodadas os produtores decidiram por demitir Robbins e passar para Robert Wise a responsabilidade de concluir o restante do filme.

- Os direitos de adaptação da peça teatral para o cinema custaram US$ 375 mil aos produtores.

- A maior parte do elenco da peça teatral da Broadway foi recusado pelos produtores por serem considerados velhos demais para um filme cujos protagonistas eram adolescentes. Como era costume em Hollywood a dublagem de atores quando estes cantavam em cena, vários atores que não sabiam cantar foram testados para os principais personagens do filme.

- Suzanne Pleshette, Jill St. John, Audrey Hepburn, Anna Maria Alberghetti, Elizabeth Ashley, Anthony Perkins, Warren Beatty, Bobby Darin, Burt Reynolds, Richard Chamberlain, Troy Donahue e Gary Lockwood chegaram a fazer testes para integrar o elenco de Amor, Sublime Amor.

- Seis atores da peça teatral na Broadway estão também presentes na adaptação cinematográfica: Carole d’Andrea, Tony Mordente, William Bramely, Jay Norman, David Winters e Tommy Abbott.

- George Chakiris havia interpretado o personagem Riff na montagem da peça teatral em Londres. Já Tony Mordente já havia interpretado o personagem A-Rab, na Broadway.

- Robert Wise inicialmente queria que Elvis Presley interpretasse o personagem Tony.

- A personagem Maria chegou a ser oferecida a Audrey Hepburn, mas ela teve que desistir da personagem por estar grávida na época das filmagens.

- A atriz Natalie Wood foi dublada nas cenas em que canta por Marni Nixon.

- O ator Richard Beymer foi dublado nas cenas em que canta por Jimmy Bryant.

- A atriz Rita Moreno foi dublada apenas na canção “A Boy Like That”, por Betty Wand. Em “America” e “Quintet” é a própria atriz quem canta.

- O ator Russ Tamblyn foi dublado por Tucker Smith na cena em que canta “The Jet Song”.

- A sequência de dança da abertura de Amor, Sublime Amor foi realizada no local onde atualmente se encontra o Lincoln Center. Na época a área estava condenada e os prédios seriam demolidos mas, como a demolição sofreu atrasos, a cena de abertura pôde ser realizada no local.

- Os produtores tentaram manter os atores que interpretariam gangues rivais afastados uns dos outros, na intenção de criar antipatia e tensão entre eles.

- Pela 1ª vez na história do Oscar a premiação de melhor direção foi dividida entre dois diretores por um mesmo filme. Esta façanha permanece sendo única até os dias atuais.

- Amor Sublime Amor estabeleceu um padrão para filmes musicais, que ainda não foi superado até os dias de hoje.

PREMIAÇÕES :-
- Ganhou o Oscar, nas seguintes categorias:
Melhor Filme
Melhor Diretor
Melhor Ator Coadjuvante (George Chakiris)
Melhor Atriz Coadjuvante (Rita Moreno)
Melhor Direção de Arte
Melhor Fotografia – Colorida
Melhor Figurino – Colorido
Melhor Edição
Melhor Som e
Melhor Trilha Sonora.
- E foi indicado na categoria:
Melhor Roteiro Adaptado.

- Ganhou o Globo de Ouro, nas categorias:
Melhor Filme – Comédia/Musical
Melhor Ator Coadjuvante (George Chakiris)
Melhor Atriz Coadjuvante (Rita Moreno).

- Indicado ao BAFTA na categoria:
Melhor Filme.

- Ganhou o Grammy de Melhor Trilha Sonora – Cinema/TV.

TRILHA SONORA :-
- Overture
Composta por Leonard Bernstein.
- Prologue
Composta por Leonard Bernstein.
- Jet Song
Música por Leonard Bernstein
Letra por Stephen Sondheim
Interpretada por Tucker Smith, Russ Tamblyn, Bert Michaels e The Jets.
- Something’s Coming
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Richard Beymer.
- Dance at the Gym
Composta por Leonard Bernstein.
- Maria
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Richard Beymer.
- America
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Rita Moreno, Suzie Kaye, George Chakiris, Yvonne Wilder e The Sharks.
- Tonight
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Richard Beymer e Natalie Wood.
- Gee, Officer Krupke!
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Russ Tamblyn, Tony Mordente, Bert Michaels, David Winters, David Bean e The Jets.
- Intermission
Composta por Leonard Bernstein.
- I Feel Pretty
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Natalie Wood, Suzie Kaye, Yvonne Wilder e Joanne Miya.
- One Hand, One Heart
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Richard Beymer e Natalie Wood.
- Quintet
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Rita Moreno, Jimmy Bryant, Marni Nixon, Russ Tamblyn, Tucker Smith, George Chakiris, The Jets e The Sharks.
- The Rumble
Composta por Leonard Bernstein.
- Somewhere
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Richard Beymer e Natalie Wood.
- Cool
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Tucker Smith.
- A Boy Like That/I Have a Love
Música por Leonard Bernstein.
Letra por Stephen Sondheim.
Interpretada por Rita Moreno e Natalie Wood.
- End Credits
Composta por Leonard Bernstein

Compartilhar.

Sobre autor

Deixe um comentário