A PONTE DO RIO KWAI – 1957

0

TÍTULO ORIGINAL :- The Bridge of the River Kwai

DIRETOR :- David Lean

ELENCO :-
William Holden (Major Shears)
Alec Guinness (Coronel Nicholson)
Jack Hawkins (Major Warden)
Sessue Hayakawa (Coronel Saito)
James Donald (Major Clipton)
Geoffrey Horne (Tenente Joyce)
André Morell (Coronel Green)
Peter Williams (Major Reeves)
John Boxer (Major Hughes)
Percy Herbert (Grogan)
Harold Goodwin (Baker)

SINOPSE :-
Na 2ª Guerra Mundial vários soldados ingleses se tornam prisioneiros em um campo de concentração japonês. Este grupo é escolhido pelo chefe do campo para construir uma ponte sobre o rio Kwai. O coronel Nicholson (Alec Guinness), um oficial inglês, planeja a construção para demonstrar a superioridade britânica, mas Shears (William Holden), um americano que é prisioneiro do mesmo campo, planeja a destruição da ponte.

CURIOSIDADES :-
- Howard Hawks foi convidado a dirigir A Ponte do Rio Kwai, mas recusou o convite. Segundo Hawks, este seria um filme que os críticos adorariam mas que o público iria se manter longe das salas de cinema.

- Inicialmente seria Cary Grant o intérprete do Major Shears, mas devido a outros compromissos já firmados o ator teve que desistir do personagem.

- Carl Foreman e Michael Wilson, roteiristas de A Ponte do Rio Kwai, não foram creditados no filme por estarem na lista negra de pessoas que se suspeitava serem comunistas. O posto de roteirista do filme acabou sendo creditado a Pierre Boulle, que escreveu o livro no qual o roteiro de A Ponte do Rio Kwai foi baseado e ganhou o Oscar de melhor roteiro adaptado. Boulle escreveu o livro em francês e nem sabia falar a língua inglesa na época de lançamento do filme.

- Em 1984 a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas corrigiu o erro cometido contra Carl Foreman e Michael Wilson e lhes deu o Oscar de melhor roteiro adaptado, ganho por ambos por A Ponte do Rio Kwai. Wilson já havia falecido na época e Foreman morreu um dia após o anúncio de que receberia o Oscar.

- Quando A Ponte do Rio Kwai foi restaurado foram colocados nos créditos, como roteiristas do filme, os nomes de Carl Foreman e Michael Wilson.

- Enquanto que no filme os prisioneiros constróem a ponte em 2 meses, a empresa britânica contratada para construir a ponte no Ceilão, local das filmagens, levou 8 meses para encerrar a construção, usando para tanto 500 trabalhadores e 35 elefantes.

PREMIAÇÕES :-
- Ganhou o Oscar 1958, nas categorias:
Melhor Filme,
Melhor Diretor,
Melhor Ator – Alec Guinness,
Melhor Fotografia,
Melhor Edição,
Melhor Roteiro Adaptado,
Melhor Trilha Sonora – Malcolm Arnold e
Melhor Roteiro Adaptado – Carl Foreman e Michael Wilson.
- Indicado, na categoria:
Melhor Ator Coadjuvante – Sessue Hayakawa.

- Ganhou o Globo de Ouro 1958, nas categorias:
Melhor Filme – Drama,
Melhor Diretor,
Melhor Ator – Drama – Alec Guinness,
- Indicado, na categoria:
Melhor Ator Coadjuvante – Sessue Hayakawa.

- Ganhou o prêmio Bafta 1958, nas categorias:
Melhor Filme,
Melhor Filme Britânico e
Melhor Ator Britânico – Alec Guinness.

- Indicado ao Grammy 1959, na categoria:
Melhor Álbum de Trilha sonora Para Filme Drama – Malcolm Arnold.

- Ganhou o Prêmio David di Donatello 1958, na categoria:
Melhor Filme Estrangeiro.

- Ganhou Prêmio Sant Jordi 1959, na categoria:
Melhor Ator Estrangeiro – Alec Guinness.

Compartilhar.

Sobre autor

Deixe um comentário