quarta-feira, 23 de março de 2016

VELOCIDADE MÁXIMA - 1994


















TÍTULO ORIGINAL :- Speed
DIRETOR :- Jan de Bont


ELENCO
Keanu Reeves (Jack Traven)
Sandra Bullock (Annie Porter)
Dennis Hopper (Howard Payne)
Joe Morton (Tenente Herb McMahon)
Jeff Daniels (Detetive Harold Temple)
Alan Ruck (Stephens)
Glenn Plummer (Dono do Jaguar)
Richard Lineback (Oficial Norwood)
Beth Grant (Helen)
Hawthorne James (Sam)

TRILHA SONORA
- A Million Miles Away
Escrita por Peter Case, Joey Alkes e Chris Fredkin
Interpretada por The Plimsouls
- Cot
Escrita por L. Nelson, K. Brammer, M. Hoffman, K. McFarlin
Interpretada por Carnival Strippers
- Soul Deep
Escrita por Wayne Carson
Interpretada por The Gin Blossoms
- Speed
Escrita por Billy Idol e Steve Stevens
Interpretada por Billy Idol.

SINOPSE
Em Los Angeles, o psicopata Howard Payne (Dennis Hopper) colocou uma bomba em um ônibus, que explodirá caso a velocidade do veículo seja inferior a 80 km/h. Assim Jack Traven (Keanu Reeves), um policial, entra no veículo com ele em movimento e explica a situação aos passageiros, mas um deles, que tinha cometido algum tipo de crime, sente-se perseguido e acaba provocando um tiro acidental, que fere o motorista. Isto força o policial a pedir que Annie Porter (Sandra Bullock), uma passageira, dirija sem deixar cair a velocidade ou todos morrerão, enquanto a polícia tenta encontrar um meio de desarmar a bomba.

Curiosidades
- A Paramount Pictures chegou a receber o roteiro de Velocidade Máxima em 1992, mas resolveu por não filmá-lo.
- A personagem Annie Porter chegou a ser oferecida à atriz Halle Berry, que a recusou. O mesmo ocorreu com Stephen Baldwin, que recusou o personagem Jack Traven.
- Este é o 1º de 2 filmes em que Sandra Bullock e Keanu Reeves atuam juntos. O posterior foi A Casa do Lago (2006).
- Ao todo 12 ônibus diferentes foram utilizados durante as filmagens de Velocidade Máxima, sendo que um foi usado para o pulo na ponte, um para as cenas de velocidade no trânsito, um para as cenas internas ocorridas no ônibus e 2 foram simplesmente explodidos em cenas do filme.
- O pulo na ponte foi realizado duas vezes, já que na primeira tentativa o ônibus pousou suavemente demais. Na verdade, a ponte utilizada nesta cena estava inteira, com o pedaço incompleto mostrado no filme tendo sido apagado digitalmente.
- O avião de carga que aparece ao término do filme tem o logotipo "Pacific Courier" pintado nele. Este mesmo logotipo aparece também no carro de um dos terroristas de Duro de Matar, filme o qual o diretor de Velocidade Máxima, Jan de Bont, trabalhou como diretor de fotografia.
- Seguido por Velocidade Máxima 2 (1997)

PREMIAÇÕES
- Ganhou o Oscar, nas categorias:
Melhor Som e
Melhores Efeitos Sonoros.
- E foi indicado, na categoria:
Melhor Edição.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Seguidores

Facebook