sexta-feira, 1 de março de 2013

E DEUS CRIOU A MULHER - 1956












TÍTULO ORIGINAL :- And God Created woman
DIRETOR :- Roger Vadim


ELENCO
Brigitte Bardot (Juliete Christiane Hardy)
Curd Jürgens (Eric Carradine)
Jane Marken (Madame Morin)
Jean-Louis Trintignant (Michel André Tardieu)
Jean Tissier (M. Vigier-Lefranc)
Isabelle Corey (Lucienne)
Jacqueline Ventura (Madame Vigier-Lefranc)
Jacques Ciron (Secretária de Eric)
Paul Faivre (M. Morin)
Philippe Grenier (Perri)
Marie Glory (Madame Tardieu)
Georges Poujouly (Antoine Tardieu)
Jean Toscano (Rene)

TRILHA SONORA
Mon coeur éclate
Por Gilbert Bécaud (played on the radio)
Dis-moi quelque chose de gentil
Por Solange Berry (played on the jukebox)

SINOPSE
Juliete (Brigitte Bardot) uma garota órfã de 18 anos, sedenta de prazer vive em Saint-Tropez, e Eric Carradine (Curd Jürgens), um advogado deseja-a, porém ela nutre sentimentos por Antoine Tardieu (Georges Poujouly). No entando, Juliete casa-se com Michel (Jean-Louis Trrintignant), irmão de Antoine, que fará de tudo para controlá-la, mas esta não será uma tarefa fácil. Os jovens recém-casados gozam de uma ampla liberdade sexual e amorosa, provocando o escâdalo dos hipócritas. Por causa de seu comportamento moderno e liberal juliete passa a ser marginalizada.

Curiosidades
- O filme foi proibido pela Legião da Decência nos Estados Unidos, organização ligada à Igreja Católica, Segundo filme condenado pela legião. O primeiro foi Boneca de Carne (1956).
- Refilmagem em 1987, com Vadim novamente na direção e trazendo Rebecca De Mornay no papel principal.
- Mesmo proibido, o filme fez com que Brigitte se tornasse uma estrela também nos Estados Unidos.
- Rodeada por bons atores e por uma atmosfera de sensualidade criada pelo seu marido Roger Vadim Diretor do filme, Brigitte Bardot mostra porque se transformou no mito sexual dos anos 50.
- Com ousadas - para a época - cenas de nudez, o filme marca um momento na liberação do erotismo não apenas no cinema como também na sociedade.
- Custou apenas 140 milhões de francos - foi projetado na França, deu prejuízo.
- Já nos Estados Unidos, foi um enorme sucesso - chegando a atingir 4 milhões de dólares de bilheteria.
- O enorme sucesso do filme, revolucionou o mercado de filmes estrangeiros e transformou Brigitte Bardot numa estrela internacional.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Seguidores

Facebook